Um outro artigo

Os estudos foram motivados pela lacuna na formação em Psicologia no que diz respeito às relações étnico-raciais. São discutidos os efeitos da branquitude na formação subjetiva e profissional, a partir de três eixos: 1) uma breve leitura histórica sobre a construção social da ideia de raças humanas e sua influência no pensamento psicológico brasileiro; 2) histórico sobre como a Psicologia se dedicou ao estudo das relações étnico-raciais no Brasil e 3) contribuições da Psicologia Crítica no estudo da branquitude.

plugins premium WordPress